terça-feira, 1 de abril de 2008

Respostas a dúvidas sobre a aids

Internautas procuram coisas e coisas. Algumas pra lá de esdrúxulas, outras fazem o maior sentido. Tenho analisado como as pessoas chegam a estas Saudaids e aqui vão algumas respostas ao que é buscado sobre aids na web.

Pessoas com HIV podem prestar concursos públicos?
Sim. Não há nada que impeça uma pessoa com HIV ou aids de prestar um concurso público.


Artistas com aids no Brasil
Sabemos que Renato Russo, Cazuza, Lauro Corona e Sandra Bréa, por exemplo, morreram de complicações ocasionadas pela aids. Mas, não estou aqui pra dizer se fulano ou sicrana tem ou não o HIV. O objetivo destas Saudaids é difundir opiniões e informações sobre questões relativas a campanhas educativas sobre aids e reunir pessoas vivendo com HIV e aids da blogosfera.


Quantos anos vive uma pessoa com HIV/aids?
Tive um namorado que morreu de aids em 1984. Meu exame reagente só foi confirmado em 1988. Portanto, vivo há pelo menos 20 anos com HIV e 16 anos com aids. Conheço pessoas que estão vivas há mais tempo do que eu. As poucas informações que tenho me levam a afirmar que tudo depende de pessoa para pessoa, de como o emocional e o psíquico aceitam a infecção e a doença, de como o organismo aceita os antiretrovirais e do quanto a pessoa aguenta viver um tempo com os efeitos colaterais. Atualizado em 22/01/10: Entretanto, há cerca de dois meses, foi divulgado que atualmente a expectativa de vida de uma pessoa com HIV é de 35 anos depois da infecção.


Por que as pessoas com HIV não devem ser chamadas de aidéticos?
Porque este é um termo que carrega preconceito, estigma e discriminação. Em países de língua portuguesa em que a sigla adotada é a SIDA, as pessoas até são chamadas de sidéticas. Nos países de língua inglesa, médicos ainda chamam seus pacientes de aidéticos. O politicamente correto é dizer que a pessoa tem HIV, é soropositiva, vive com aids ou é doente de aids. Só chame alguém de aidético se quiser ofender.


Qual a diferença entre uma pessoa com HIV e uma com aids?
A diferença está nos níveis de células T4 no sangue. Se não me engano, o Brasil recomenda aos médicos que uma pessoa com células T4 menor que 200ml³ comece a fazer uso dos medicamentos antiretrovirais. As células T4 são as que controlam, por assim dizer, nosso nível de imunidade. Quando chegam a níveis menores que 200ml³, estamos sujeitos a contrair diversas doenças e sermos atacados pela síndrome de imunodeficiência adquirida, que no Brasil chamamos de aids. A partir do momento em que os serviços de saúde começam a disponibilizar as drogas anti-aids, os médicos são obrigados a notificar a pessoa com HIV, que passa a ser denominada pessoa com aids.


Qual a diferença entre AIDS, aids ou Aids?
A rigor, não existe diferença nenhuma. A questão está na importância que damos à palavra em nossas vidas. Jornalisticamente, o correto seria escrever Aids e não AIDS, pois alguns manuais de redação pregam que toda sigla com mais de quatro letras deve ser escrita com a primeira em maiúscula e as demais em minúsculas. Outra corrente defende que, como a sigla é usada para definir uma doença, tal como câncer, tuberculose ou hanseníase, deve-se escrevê-la com minúsculas. Escrevo “aids” porque o valor que ela tem pra minha vida é minúsculo.


Atualizado em 11/03/2013: Não respondo mais a dúvidas. NA DÚVIDA, FAÇA O TESTE DE AIDS. LIGUE TAMBÉM PARA 0800 61 1997. A ligação é gratuita.

Veja também: Dúvida sobre AIDS tem resposta nas redes sociais

338 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 338 de 338
Paulo Giacomini disse...

Não, eu não acho. Mas seu pênis pode ter tido contato com o sangue. Pelo sim, pelo não, melhor fazer o teste.

Anônimo disse...

Existe o risco de contaminação por beijo, com carie ou ferida na mucosa é um risco real ou teorico? existe algum caso confirmando essa informação. estou muito nervosa. 60 dias teria um resultado certo?

Outra questao, existe risco se houver vestígio de sangue em um copo por exemplo e alguem tomar algo liquido no mesmo?

obrigada!
Dan

Paulo Giacomini disse...

Dan, procure nas respostas acima, pois já respondi essa questão.

Mais informações: http://www.aids.gov.br/

Anônimo disse...

Ola...nunca pensei em estar aqui...e nessa situaçao cheio de duvidas...tive um relacionamento de risco há 98 dias atras...estava um pouco bebado e no calor da situaçao acabei deixando acontecer sem preservativo, nem gozei dentro ... porém fiquei em duvida... até agora nao tive sintomas nenhum dos que sao relatados em sites e blogs por ai... devo assumir que estou com medo... amanha vou fazer o exame nao consigo dormi pensando...preciso de uma ajuda...conselho...

Paulo Giacomini disse...

Olá, não me pareceu que vc tenha nenhuma dúvida, mas quer um conselho. Tome um copo de leite morno para dormir. Agora não há nada a fazer a não ser fazer o teste e esperar pelo resultado, não é? Então fique tranquilo e não se desespere, porque vivo com HIV -confirmadamente- há 23 anos e ainda estou por aqui.
O que vc pode fazer a partir de agora é cuidar um pouco mais de vc, com ou sem HIV. E tentar ser feliz, como todo mundo. Boa sorte e boa noite.

Anônimo disse...

Boa noite Paulo, faz tres semanas que uma travesti fez sexo oral em mim sem camisinha, qual a chance de eu pegar aids ou alguma outra DST, pois dizem que quem recebe o sexo oral, é minima a chance de se contrair AIDS. E gostaria de saber se há possibilidades de contrair o virus, eu masturbando uma mulher?

Mto Obrigado pela ajuda Paulo

Abraços

Paulo Giacomini disse...

Bom dia. Tanto na masturbação quanto no sexo oral, há a possibilidade de infecção. Para isso, basta que haja sangramento em ambos. No caso da masturbação, se houver sangramento na vagina e em algum lugar da mão. No caso do sexo oral, deve haver sangramento no pênis e na boca. Mas a possibilidade é realmente mínima. Entretanto, outras DST, como por exemplo o HPV, podem ser mais facilmente transmissíveis, pois, no caso do HPV, um simples contato pode ser contagioso.

plinio disse...

oii fiz 2 exames de hiv.. com um intervalo de 7 meses do segundo pro primeiro pq o primeiro foi feito 1 mes e meio depois da relaçao.. deu nao reagente.. todos os dois, porem venho me sentindo mal
dores no corpo, e minha lingua ta branca, o medico me passou exame epistein barr... e deu reagente.. porem ele me disse ki eu nao tennho nada grave, eu pensei ki seria leucoplasia pilosa, mas ele disse ki nada e mandou eu esquecer a doença, mas eu tenho quase certeza... ele disse ki é mononucleose.. nao sabia ki mononucleose deixava a lingua branca!! o ki faço? eu to ou nao to com hiv?

Paulo Giacomini disse...

Plinio,

Não dá pra saber se uma pessoa tem ou não HIV apenas por alguns sintomas. Para saber se uma pessoa foi ou não infectada pelo vírus é necessário o teste. Se vc já o fez e deu negativo, confie no médico. Ele não iria brincar com sua saúde a troco de nada.

Anônimo disse...

oiii fiz sexo sendo passivo ele gozou dentro mas estava de camisinha fiquei com medo mas ele olhou e disse que nao furou.. depois de 90 dias fiz exame anti hiv 4 geração posso ficar tranquilo? estou gripado e fico assim pensando

Anônimo disse...

boa noite. estou com uma duvida terrivel.conheci um rapaz e me interessei por ele , e ele foi honesto ao me revelar que e soropositivo. so que tem um problema.tive cancer a 10 anos atras, e ano passado tive de novo. e sempre tenho afyas na minha boca. se eu beija-lo a chances de eu contrair o virus. tenho muito receio.

Paulo Giacomini disse...

Pelo beijo? Não, não há. A não ser que haja sangramento nas duas bocas, como já respondi algumas vezes neste post. Mas veja suas aftas com um médico e não descuide do preservativo, ok?

Anônimo disse...

oi,gostaria de saber se é possivel pegar aids compartilhando a mesma gilette,mesmo que a gilette tenha sido lavada?

Paulo Giacomini disse...

Oi, teoricamente, há a possibilidade, mas para isso seria necessário que ela fosse lavada e utilizada imediatamente e houvesse sangramento em ambos. Bem difícil, não?

Anônimo disse...

Boa Noite.
Estou com a consiencia pesada após 1 ano que tive relaçao sexual com uma garota de programa. Tenho facilmente gripe, e não perco mas tbm não ganho peso..Tenho 1,74 metros de altura e peso 63 Kg.

São sintomas de aids? Pode se manifestar nesse tempo? Quais a possibilidades de ter o Hiv?

Agradeço desde ja..
abraço

Paulo Giacomini disse...

Olá, vc não tem um conjunto de sintomas. A gripe e permanecer com o mesmo peso não dizem muita coisa.
O que diz mesmo é sua consciência, como vc reconhece.
Porém, uma coisa me chamou a atenção: a maioria das garotas de programa transam com camisinha. O que foi que aconteceu? Será que é essa relação mesmo que está lhe causando esse peso?
Sugiro que vc faça um teste anti-HIV para ficar mais leve. É gratuito nos Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Deve haver um na sua cidade.
Abraço.

Anônimo disse...

Na verdade estava usando camisinha, mas aconteceu o acidente dela estourar e eu só perceber depois de alguns minutos...

Não sei ateh que ponto isso pode influenciar no peso.. Mas sabe, qndo a consiencia tah pesada parece que tudo está influenciando..

Obrigado! Abraçp

Paulo Giacomini disse...

Amigo, faça o teste. É a melhor coisa pra tirar pesos da consciência.
Abraço!

Anônimo disse...

Olá Paulo. Gostaria muito que me respondesse. Eu tenho muito medo de pegar HIV e vivo paranóico com isso. Há alguns dias eu fique com uma mulher mais velha que me relatou já ter transado sem camisinha. Por isso, não fizemos sexo (fiquei com medo mesmo de camisinha). Porém, ela ficou de calcinha roçando em cima de mim por cerca de 5 minutos. Eu estava de calção. Será que a secreção vaginal dela pode ter ultrapassado meu calção e ter tocado no meu pênis? Isso é possível? Para haver a transmissão, a secreção teria que ultrapassar o calção e apenas pegar na cabeça do pênis ou teria que entrar no buraquinho do pênis. Estou louco ou isso é possível???
Isso é um comportamento de risco? Devo fazer o exame???

Obrigado, Gustavo.

Paulo Giacomini disse...

Gustavo, para haver transmissão é necessário mais do que essa hipótese.
Mesmo que ela tivesse HIV, seria necessário fazer sexo sem camisinha para haver probabilidade de infecção.
Sugiro que vc procure internamente o que provoca este medo, que no limite pode lhe causar problemas futuros de relacionamento.

Anônimo disse...

Olá Paulo.
É a primeira vez que visito o seu blog e queria lhe parabenizar pelo grande trabalho que você está fazendo por aqui, esclarecendo e "tirando o peso" da consciência de muita gente.
Bom o que me trouxe aqui foram umas dúvidas que vem enchendo a minha cabeça e mexendo com o meu psicológico.
Paulo a mais ou menos 4 anos tive uma relação de uma noite só com uma garota e há boatos que ela é portadora do virus (acredito que seja verdade. Eu estava bebendo mais não estava bebado, usei camisinha em alguns momentos e depois tirei, em nenhum momento cheguei a ejacular dentro dela, só ejaculei uma vez e nos peitos.
Cheguei em casa e não me lavei...
Quando acordei tinha uma parte meio avermelhada no meu penis.
ai eu lavei com sabão e blz.
Depois uns dois anos fiquei doente com manchas no corpo, gripe, febre, vomito, diarreia.. foram uns dez dias. Não fiz nenhum exame médico mais o pessoal aki em casa acreditou que era dengue e fiz o tratamento como se esta fosse.
Depois de 1 ano houve um aumento do glanglio do meu pescoço.
Tomei um remedio para desinflamação e blz.
Sim e ha muito tempo tenho tipo uma mancha na parte superior da bunda, coça as vezes mais não doi e tambem nunca me preocupei em tratar. Tenho gripe umas 4 vezes no ano.
Ha uns 4 anos logo apos essa relação iniciei um namoro..
eu e minha namorada ficavamos tipo encostando sem penetração, as vezes ela estava menstruada, nos fazemos sexo oral e ela é virgem, há algum risco de contaminação? se eu estiver contaminado?
Paulo eu queria que você fizesse uma analise do que aconteceu comigo e dos sintomas, o que você acha?
obs: morro de medo de fazer qualquer tipo de exame, não gosto.
e se eu posso ter contaminado minha namortada se estiver com o virus?
sim, ela faz exame de sengue todo mes e nunca acusou nada no dela.
obrigado e aguardo sua resposta.

Paulo Giacomini disse...

Olá,
Vc diz que acredita que a garota seja soropositiva apenas pelos boatos que vc ouviu. Será que isso é mesmo verdade? O que o leva a acreditar nesses boatos? São esses tipos de boatos que levam pessoas a discriminar outras.

Alguns lubrificantes podem mesmo causar irritações. Sugiro que vc não use mais a mesma marca de preservativo usada na vez em questão.

Sua pergunta para infecção é pelo sexo oral? Se for, há sim, probabilidade de infecção, mas como escrevi em uma resposta bem anterior a esta, seria necessário ter sangramento tanto na boca quanto nas regiões genitais.

Atualmente, há o teste rápido de HIV, pelo qual vc só irá levar uma picada e deverá saber do resultado em no máximo 30 minutos.

Seus sintomas podem ser de outro tipo de infecção. E, no caso dela, que faz exames de sangue regularmente, o teste para HIV deverá estar entre eles; em não estando, não há como detectar o HIV sem o exame específico.

Sugiro que vc procure um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) na sua cidade para fazer o teste. Ligue gratuitamente para 0800.61.1997 (Ministério da Saúde) e peça o endereço de um CTA em sua cidade.

Também não gosto de fazer exame de sangue, pois tenho pavor de agulhas, mas faço. Para driblar meu medo viro o rosto pra outro lado e não olho para a seringa.

É melhor uma picadinha do que tomar medicamento para o resto da vida.

Sugiro que vc faça o teste e cuide bem da sua saúde.

Anônimo disse...

ola,
tive uma relaçao com uma menina de 19 anos,
e ha alguns dias descobri que a mae dela possui o virus.
quando o bebe nasce com o virus ja se descobre ? ela viveria esses 19 anos normalmente se tiver o virus?

minha relacao com ela foi a seguinte
fizemos sexo com camisinha, assim que acabamos ficamos deitados na cama. depois disso agente comecou denovo (nao fizemos sexo) mas ela ficou roçando meu penis na vagina dela. me lembro de ter tentado UMA penetraçao mas nao cheguei a colocar tudo.
se ela possuir o virus, existe chances de eu ter pego?

Anônimo disse...

Boa noite, Sr. Paulo.


Eu fiz sexo protegido com uma garota de programa, a camisinha ficava escorregando até a metade mas n chegou a sair.
Após a transa, ela começou a se masturbar e depois com a mesma mão me masturbou eu corro risco de contrair HIV por ela ter me masturbado com a mesma mão?

Obrigado

Paulo Giacomini disse...

Tento responder as duas questões acima, de 24 e 25 de setembro.

Até onde estive informado, eram precisos 18 meses de vida para a confirmação do HIV em recém-nascidos. Atualmente, não sei se esse tempo é menor. Sim, ela viveria normalmente 19 anos com o vírus.
Na situação que você descreve, o risco é muito pequeno, insignificante mesmo. E se me permite uma pergunta, você pensou em conversar com a garota sobre o HIV e sobre o que você ficou sabendo da mãe dela, essas coisas?

25 de setembro:
Essa situação já foi descrita anteriormente, muito similar. Mas a resposta é idêntica à anterior: o risco é infinitamente pequeno. Com relação à Aids, aqui no Brasil as prostitutas foram uma das populações que mais se protege do HIV. Elas dificilmente fazem sexo sem camisinha, como você mesmo relatou. E, se ela fez sexo com camisinha com você, por que não o faria com outro cliente?

Anônimo disse...

a madrinha dela me mostrou uma carta que escreveu pra ela.
falando que Deus gosta mto dela, pq a mae dela tem o virus e ela nasceu saudavel. mas eu nao sei se eles realmente fizeram o exame
hj a mae dela vive na rua, nao sei se o parto e tudo o q vem depois do pós parto foi feito regularmente

eu ja falei com ela, ela falou q ja fez o exame, q fazia constatemente pois ela namorava com outro cara e eu nem sabia. a questao é essa, eu nao acredito nela pois ela mente muito, nao sei se ela esta mentindo q fez os exames msm.

Anônimo disse...

complementando meu comentario, e minha fimose nao foi retirada, li q os riscos aumentam
ainda pode ser considerado um risco insignificante mesmo assim ?
sou oq fiz a pergunta do dia 24

Paulo Giacomini disse...

Conheço estudos que sugerem que a circuncisão diminuem os riscos, mas não conheço estudos sobre o aumento de risco em homens não circuncidados ou mesmo com fimose.
A sugestão é a de sempre, se você acredita que esteve em risco, faça o teste num centro de testagem e aconselhamento mais próximo.
Acredito que pra você o teste e o aconselhamento seriam muito bons, uma vez que no seu caso estão envolvidas questões bem profundas, não é mesmo?
Abraço!

Anônimo disse...

Paulo cara... To realmente desesperado e preciso de uma opniao sua urgente... fiz sexo com uma garota desconhecida, com camisinha, mas tambem passei a mão e o dedo na vagina dela, e depois quando tirei a camisinha joguei água no meu pênis com a mesma mão que passei na vagina dela... Depois que fui me tocar pq 2 semanas depois me apareceu gripe e dor de garaganta, vc acha possível ter me contaminado? Quais as chances? Por favor responde rápido! Alguém!

Paulo Giacomini disse...

Haveria possibilidade de infecção apenas se ela fosse soropositiva para o HIV e se houvesse alguma fissura com sangramento na sua mão em contato com o fluido vaginal contaminado e com o vírus em reprodução.

Anônimo disse...

Não.... Não havia ferida na minha mão, mas fiquei com medo foi pq com a mão melada de secreção dela(pq passei a mão na vagina dela) fui lavar meu pênis depois do termino da relação, e não tinha sabão, ai joguei água com a mão que peguei na vagina dela... Vc acha que é possível se contaminad dessa forma? Vc acha pouco provável... Ou sei lá... Risco real... ?

Anônimo disse...

Paulo cara, desculpa ser insistente mas como sei que alem de entendido vc é preocupado e faz ótimo trabalho, volto a perguntar e tentar saber a resposta do comentário a cima pois meu medo nao é de ter sido contaminado pelo dedo...
Agradeço desde já
Abraços

Paulo Giacomini disse...

Oi, desculpe, é que não vi probabilidade no que você vem relatando desde o início: "tirei a camisinha joguei água no meu pênis com a mesma mão que passei na vagina dela".
Se você fez sexo com camisinha, a probabilidade da fricção pênis-vagina ou pênis-ânus ter provocado alguma fissura, é muito pequena.
Pela situação que você descreveu, não vejo probabilidade de infecção. Mas se estiver na dúvida, faça o teste.

Anônimo disse...

Pow cara brigado mesmo... Acho que vou fazer o teste mas um pouco menos nervoso, é que a febre e a dor de garganta me apavoraram um pouco, justamente 2 semanas depois... Abraço e desculpa a insistência

Anônimo disse...

tenho uma duvida tive uma relação de risco 7 meses atrás, depois de 4 meses comecei a emagrecer, mas cortei açucar e frituras hoje estou 7 kilos mais magra, fiz o teste 23 dias depois da relação e deu negativo, mas 2 meses atras apareceu um vergão entre o meu ombro e pescoço tipo cobreiro...estou muito preocupada porfavor me responda estou com medo de fazer outro exame...michele

Paulo Giacomini disse...

Michele, você devia ter esperado entre 45 e 60 dias para fazer o teste. Não da pra dizer se este vergão é algum sintoma ou não, mas não acredito que seja. De qualquer forma, sugiro que você procure um dermatologista, pois esse cobreiro pode ser herpes zóster. Entretanto, todos temos herpes, que pode ou não se manifestar com uma baixa de imunidade. Como não sei em qual cidade você está, ligue gratuitamente para o Disque Saúde no número 0800-61-1997 para saber aonde está um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) mais próximo de você e faça novamente o teste. Se você tiver se infectado, quanto antes souber, melhor será tratada e terá uma melhor qualidade de vida.
Qualquer coisa, estou aqui. Conte comigo.

Anônimo disse...

Olá Paulo,
Eu tive relações com uma menina umas duas vezes e ambas foram sem camisinha, porém em nenhuma delas ejaculei dentro dela. Não sei se ela é soropositivo pois perdi o contato com ela. Caso ela seja, minhas chances de ter pego o vírus são grandes?
Desde já agradeço a atenção!

Paulo Giacomini disse...

Olá. Bem, você deve saber que quaisquer práticas sexuais sem preservativo estão sujeitas a infecção tanto pelo HIV quanto por outras doenças sexualmente transmissíveis. Por isso, a resposta é sim. Tesão não previne da infecção pelo HIV, mas a camisinha, sim. Use à vontade. Faz bem e não provoca efeitos colaterais.

Anônimo disse...

Oi Paulo, gostaria de saber qual a possibilidade de ter pego aids fazendo a cuticula, bom, fui a primeira cliente da manha a fazer as unhas, porem a manicure era novata e praticamente me fez sangrar todos os dedos, isso foi em maio deste ano, qual a possibilidade de ter pego aids, quanto tempo o virus sobrevive num alicate mesmo que ele tenha sido colocado em cima de uma balcao nao tomando todos cuidades de esterilizar? Obrigada me esclareça se possivel.

Enoicla disse...

Olá, a mais ou menos 4 anos atras namorei um cara, que depois que terminamos me falaram que ele tinha aids, e de um tempo pra cá estou sentindo muitas dores no corpo, to sem apetite e estou muito esquecida das coisas. isso são sintomas da aids? E quanto tempo de vida em media pode ter uma pessoa com o virus que não faz tratamento algum? Desde já agradeço e parabéns pela materia!

Anônimo disse...

Ola Paulo

Gostaria de tirar uma duvida sai com uma garota e na hora da penetração a camisinha rompeu penetração anal e percebi antes de penetrar logo tirei e coloquei outra mesmo tendo so encostado corro risco de contrair hiv

Obrigado

Paulo Giacomini disse...

Respostas às 3 últimas questões:

24/11, 11h35: Se vc foi a primeira a fazer as unhas, se ficou algum vírus HIV da última cliente, a possibilidade é mínima, pois o HIV é um vírus pouco resistente sem a presença de sangue, morrendo em minutos, segundo alguns estudos. Entretanto, o vírus da hepatite pode permanecer ativo por até 72 horas. Sugiro fazer testes.

24/11, 20h20: Seus sintomas são de estresse. Essa coisa de acreditar no que os outros falam sem a devida comprovação é no mínimo um horror, não é? O que importa se A ou B tem o HIV? Quando procuramos responsabilizar pessoas pelos nossos próprios descuidos (o seu, no caso de não usar camisinha nas relações sexuais), é o mesmo que se permitir a continuar errando, você não acha?

26/11, 9h27: Se não houve penetração e você percebeu o rompimento da camisinha, qual seria o risco de infecção?

Viviane de Brito. disse...

Olá, eu tenho 15 anos, e contraí o vírus por transmissão vertical, fiquei um tanto intrigada e preocupada com o seguinte termo: Entretanto, há cerca de dois meses, foi divulgado que atualmente a expectativa de vida de uma pessoa com HIV é de 35 anos depois da infecção.
Poderia me explicar melhor? :/

Paulo Giacomini disse...

Viviane de Brito, o que foi que você não entendeu na frase? Ela (a frase) me parece bem compreensível. Talvez tenha faltado a palavra "média", para a qual a frase ficaria assim: "Entretanto, há cerca de dois meses, foi divulgado que atualmente a expectativa média de vida de uma pessoa com HIV é de 35 anos depois da infecção."
Ficou mais compreensível?

Anônimo disse...

Prezado Bom dia, por favor me tira esta dúvida.

Ontem a noite fiz sexo sem camisinha oral e vaginal com uma moça que conheci a pouco tempo, só que acordei hoje pela manhã bastante gripado com catarro verde. Será que contraí alguma doença venérea? Att.

Anônimo disse...

Prezado, Bom dia. Dei um vacilo e fiz sexo oral e sem camisinha com uma menina que conheci a pouco tempo. Fiz sexo ontem a noite e acoredei bastante gripado com catarro verde e grosso, posso está infectado com alguma doença venérea

Paulo Giacomini disse...

Bom dia.
Pouco provável que uma doença sexualmente transmissível (DST) tenha tido tempo de fazer esse estrago em menos de 24 horas. Isso é outra coisa. Vá ao médico.

Anônimo disse...

bom dia,

fiz sexo com uma garota de programa a 11 dias, no ato sexual eu havia achado que a camisinha tinha estourado eu parei e tirei a camisinha, vi que não tinha estourado .. peguei outra camisinha e coloquei .. voltamos a ao ato, não consegui goza e ela fez eu gozar " Batendo punheta para mim" com camisinha. gozei e depois tomei um banho. apos o banho peguei a camisinha e coloque agua para confirmar e não estourou.

duvida..

eu coloquei minha mão na boca depois que coloquei agua dentro da camisinha, tenho um costume feio de roer as unhas.

antes de começar o ato sexual eu coloque meu dedo dentro da vagina dela.

depois de 8 dias eu começei a sentir dor de cabeça mais bem fraquinha e eu vi que de baixo da minha axila esta vermelha e irritada mais acho que é por causa do desoldorante

tenho alguma chance de esta infectado?

Ricardo disse...

Oie bom dia.

seu eu masturbar uma prostituta colocando o debo na vagina dela e depois e depois de uns 30 min eu colocar a mão na boca .. corro risco de contrair HIV ?

Anônimo disse...

Ola, Paulo é possível uma pessoa fazer sexo com camisinha com uma garota de programa, mas se caso o cara tiver a virilha com micose (não está machucado somente coçando) corre o risco de pegar aids??

Paulo Giacomini disse...

Bem amigos que postaram em 18 e 19/12 e Ricardo, vocês têm dúvidas sobre relações sexuais com prostitutas. Já disse anteriormente que prostitutas estão um dos grupos que mais se protegem de doenças sexualmente transmissíveis e HIV/AIDS.
Para os exemplos de situações que vocês deram acima, não vejo muitas possibilidades de infecção, pois não houve descrição da presença de sangue, embora outros fluidos sexuais pudessem estar contaminados. Mas não vejo possibilidade devido ao tempo de exposição do suposto vírus ao contato com a saliva.

Anônimo disse...

Paulo, muito bom o seu blog, creio que você ajuda muita gente!! me tire a seguinte dúvida uma gotinha bem pequena de sangue , ou uma gotinha bem pequena de secreção vaginal, cair em cima de um machucadinho quase impercebível é possivel contrair o virus hiv??

Paulo Giacomini disse...

Olá, para que possa haver a infecção nessa situação, o machucadinho teria de sangrar também e o contato entre sangue/secreção com o machucadinho sangrando tem de ocorrer simultaneamente. Além disso, sangue/secreção vaginal têm de estar contaminadas pelo HIV.

Anônimo disse...

boa noite,

transei com uma prostituta a 13 dias, usei camisinha. na relação eu coloquei o dedo dentro da vagina dela. tomei banho e depois disso eu peguei na camisinha. indo embora meu pneu furou e machuquei minha mão onde abri um ferimento.

tenho alguma chance de ter contraido alguma doença dela?

quanto tempo o virus HIV sobrevive ?

quais são os sintomas inicias e demora quanto tempo para aparecer?

hj eu estou com um pouco de dor de cabeça, garganta seca e bem poquinho de dor de garganta

Paulo Giacomini disse...

Olá. Você sabia que os três últimos comentários são da mesma pessoa? Pois é, eu sei. O blogspot sempre agrupa comentários vindos de um mesmo computador.
Mas, respondendo suas últimas questões, o HIV sobrevive em contato com o ar poucos minutos.
Os sintomas iniciais vêm sempre em conjunto, ou seja, diversos sintomas ao mesmo tempo. Os mais comuns são diarreia, febre e inchaço das glândulas linfáticas por pelo menos três semanas.
Geralmente, os sintomas aparecem, ficam por 3 semanas e assim como vieram, vão embora. Depois de 60 dias de uma relação sexual sem uso do preservativo é possível detectar se a pessoa foi infectada pelo HIV por meio dos testes Elisa e do teste rápido.
Os sintomas podem voltar anos depois, acusando a AIDS, que é quando o HIV já se replicou por todas as células de defesa do organismo.
Portanto, não há possibilidade de você ter contraído o HIV na relação que você vem repetindo durante todo o dia de hoje.
Mais informações você pode ter no www.aids.gov.br
Abraços.

Anônimo disse...

Prezado,
tive relações sexuais com uma GP e usei camisinha. Mas por descuido, coloquei dois dedos dentro da vagina dela, e quando tirei meus dedos estavam lambuzados de secreção vaginal. Nos meus dedos não havia corte nem feridas (pelo menos não visivelmente). Corro risto de ter me contaminado com HIV?

virginia disse...

Paulo, boa noite! estou um pouco confusa. Namoro um soropositivo, tivemos relação com todos os cuidados (digo preservativo). Nessa ultima semana ele começou a sentir algum sintomas desagradaveis, visão torcida, dores nas costa. seu exame deu q ele esta com baixa resistencia. os remedios ele ainda vai começar tomar, acho q por ser rede publica demora pra chegar. Enfim, tem algo que eu posso fazer para ajuda-lo, não posso imaginar ele doente, ou perde-lo. o que posso fazer.

Paulo Giacomini disse...

Olá Virginia.
A qual cidade você se refere quando diz que os medicamentos demoram para chegar por ser na rede pública? Mais de 100 mil pessoas tomam os medicamentos antirretrovirais no Brasil sem muitos problemas.
Bem, o que você pode fazer pelo seu namorado é dar-lhe suporte emocional, ficar ao lado dele, apoiando-o. E, quando ele começar a usar os medicamentos, fazê-lo tomar todas as doses nas horas certas, do modo correto (alguns medicamentos precisam de um jejum de uma ou duas horas antes e depois, outros não têm essa exigência). Você também pode ir com ele ao médico para saber as orientações prescritas e ajudá-lo a seguir o tratamento à risca. Você verá que em breve ele ficará bem e vocês ainda terão muito tempo juntos.
Qualquer coisa, estou por aqui.

Marcelo disse...

Ola Paulo tudo bem? Adorei seu blog.

tenho uma duvida sai com um rapaz e fui passivo tudo de camisinha e na hora foi pouca penetraçao mas na hora que ele tirou o preservativo tinha rasgado nao houve ejaculação depois de 20 dias ele fez o exame hiv nao reagente estou preocupado vou fazer o meu acredita que o risco foi grande um grande abraço.

Marcelo.

Paulo Giacomini disse...

Olá Marcelo, risco sempre se corre quando a camisinha estoura. E o HIV é transmitido pelas secreções sexuais também, além do esperma.
O risco não é apenas de infecção pelo HIV, mas de outras doenças como a sífilis e a gonorreia, por exemplo, além de alguns tipos de hepatites.
No uso da camisinha, é fundamental que se dobre a ponta do preservativo para tirar o ar e, após colocá-la na ponta do pênis, desenrolá-la. Não é recomendável que se abra a camisinha como fazem nos filmes pornôs, pois pode ficar um pouco de ar nela. E, dois elementos não ocupam o mesmo espaço, como nos ensina a Física.

Marcelo disse...

Anônimo disse...
Olá Paulo,
ontem sai com um rapaz e fizemos tudo de preservativo, mas na hora da penetração, eu era o passivo e a camisinha estourou, logo que percebemos, paramos!
Gostaría de saber, se o risco é muito grande nessa situação.
Paramos na hora que percebemos, na hora de introduzir o penis em mim aconteceu e fiquei muito preocupado!
As possibilidades são muito grandes, pois não houve ejaculação em meu ânus. Que fazer?
Abraços, Rg

25 de abril de 2010 21:49
Paulo Giacomini disse...
Olá RG. Só há risco nesta situação se houver fissuras anais e penianas. Mas se vcs pararam quando perceberam, o risco é quase zero. Não se preocupe e quando for colocar um preservativo, aperte bem a ponta para que o ar seja completamente eliminado.

26 de abril de 2010 10:52 fiquei confuso pois parece com meu caso e sua resposta foi diferente da minha.

Marcelo.

Paulo Giacomini disse...

Olá Marcelo, na resposta ao RG esqueci da secreção e na sua resposta esqueci das fissuras anais e penianas. Essas fissuras podem facilitar a infecção mesmo sem a ejaculação no ânus, mas apenas com a secreção peniana. Não há contradição. Apenas junte uma resposta à outra.

Marcelo disse...

Paulo desculpe, fiquei meio confuso mas obrigado pela resposta em uma vc diz que e quase zero mas mesmo assim muito obrigado hoje liguei para dotor esper kallas e o mesmo disse que com 30 dias poderia fazer o exame e seria definitivo e que se a pessoa quem sai fez com 20 dias era um otimo sinal um grande abraço e Que seu lindo trabalho continue.

Paulo Giacomini disse...

Pois é Marcelo. Agora, olhando mais atentamente, respondi que o risco dele era quase zero porque na hora em eles puseram a camisinha e ela estourou, eles perceberam e retiraram, enquanto na sua relação, vocês só perceberam que a camisinha tinha estourado depois. Assim, uma coisa é perceber o rompimento da camisinha e parar a relação para trocá-la e a outra é não perceber o rompimento e continuar a relação.
Que bom que você tem acesso ao Dr. Kallás. Um médico sempre pode explicar melhor do que qualquer paciente expert...
Abraço e obrigado por perceber as diferenças nas respostas e me questionar sobre isso.

rodrigo disse...

OLA PAULO TUDO BOM?


BOM MEU CASO TIVE RELAǘAO COM UMA GAROTA DE PROGRAMA E ESTOUROU A CAMISINHA E IMEDIATAMENTE RETIREI E LAVEI E BOTEI UMA NOVA CAMISINHA EXISTE GRANDE RISCO NESTE CASO?

RODRIGO

Paulo Giacomini disse...

Rodrigo, o seu caso é como o de uns casos acima. Dê uma olhada lá, ok?
Obrigado.

rodrigo disse...

entao seria quase risco zero que entendi pois tirei na hora e lavei o penis a chance e menor correto? sei que existe mas e menor?
Pois em outra resposta que li teve um rapaz que perguntou a mesma coias e vc disse para nao se preocupar vou fazer o teste mas queria saber se este risco e grande brigado.

Rodrigo

Anônimo disse...

Oi faz 10 anos que estou com meu marido tive relaçao sem camisinha no começo engravidei tive um filho tem 6 anos ele nao tem HIV e eu tb nao mas nos ultimos tempos tive relaçao denovo umas 3 x sem camisinha sera que eu tenho chance de nao ter pegado HIV ?

Paulo Giacomini disse...

Oi, vc que postou o comentário Às 22h19 de 7/3/2012. Não vou responder à sua pergunta porque seu comentário veio com o mesmo IP do Rodrigo, acima.
Isso aqui não é uma brincadeira. Esse post pretende responder a questões de pessoas que estão realmente em dúvidas e não têm, no momento da pergunta, condições de procurar um médico.
Sugiro que você procure um médico para sanar suas dúvidas e, depois, procure um psiquiatra, para que ele lhe cure dessa sua vontade de brincar com coisas sérias. Passar bem.

rodrigo disse...

Paulo, desculpe mas o comentario anonimo embaixo do meu não foi do meu IP esta pergunta pois estou fazendo da empresa que trabalho e aki trabalhamos ate as 18:00 jamais brincaria com isso pois estou questionando seriamente, foi o que aconteceu comigo um Grande abraço e saude para que possa sempre continuar com suas valiosas informações.

Rodrigo.

Paulo Giacomini disse...

Rodrigo, se você leu os comentários deve ter visto que eu disse que as prostitutas estão na população que mais se protege do HIV e de outras doenças sexualmente transmissíveis. Não vejo grande risco na descrição que você fez. No entanto, é sempre bom fazer um teste anti-HIV sempre que se tem uma relação de risco.
Espero ter respondido sua dúvida.

Unknown disse...

Ola Paulo boa tarde me chamo Alessandra.

Neste final de semana me exous a uma situção de risco sai com garoto e a camisinha rompeu ele tirou na hora acredita que um risco grande eu vi antes aqui e que estou desesperada nem sei se ja ha esta resposta mas se puder me responder agradeço.
Alessandra

Anônimo disse...

OLA1 EU GOSTARIA DE SABER SE VC TRANSA COM UMA PESSOA QUE E PORTADORA DO VIRUS HIV NÃO USOU PRESEVATIVO MAS O MESMO NÃO EJACULOU DENTRO VC CORRE RISCO DE CONTARI O VIRUS OBG

ɢʋɪΐʜɛʀʍɛ sυммєя™ disse...

Mestre peço mil desculpas por incomodar , mas sou novato no assunto , e gostaria de saber:

Tenho sentido dores no corpo, sinto q estou emagrecendo, dores na garganta e inchaços, dormencia, queimação no braço esquerdo dores no peito , fadiga , febre, posso dizer que esse sao sintomas de HIV ou AIDS?, ou será alguma outra doença.

Paulo Giacomini disse...

Guilherme, apenas um teste anti-HIV poderá dizer se esses sintomas são de HIV ou não. Faça o teste. É gratuito.


Para o/a leitor/a que escreveu em 23 de março, respondo: sim. Não é só no esperma que o HIV se encontra. O vírus também é encontrado nas secreções sexuais, tanto do homem quanto da mulher. Sugiro que após 30 dias da relação de risco, você procure fazer o teste anti-HIV.

Anônimo disse...

Ola paulo, Voce nao é medico mas e muito bem informado e isto nos da uma confiança muito grande de esclarecermos as nossas duvidas, a minha duvida e que ha 50 dias transei com uma mulher fizemos sexo oral (eu nela e ela em mim), e na penetração eu ejaculei e continuei penetrando ai a camisinha estourou e logo paramos, voce acha que corro risco de ter contraido o hiv? pois estou com algumas espinhas na lateral da mao e do pe e umas na barriga que vao e voltam, algumas manchas pretas no braço, e com uma recente dor no lado esquerdo da garganta decorrente de alguns dias de sensaçao de bolo na garaganta. Estes podem ser sintomas da fase aguda do hiv? muito obrigado, e que Deus te ilumine e te proteja hoje e sempre.

Paulo Giacomini disse...

Olá. Nenhum desses sintomas que você tem sentido são de infecção aguda pelo HIV. Embora a relação sexual heterossexual (entre homem e mulher) seja bem menos arriscada do que a relação homossexual (homem e homem), toda relação sexual desprotegida incorre um risco, por menor que seja. Por isso sugiro que depois de 30 dias de quaisquer relações sexuais desprotegidas, se faça o teste de HIV.

Anônimo disse...

Paulo
Por favor, poderia me ajudar?
Ja ouviu algum relato de contaminação hiv através do sexo oral passivo?
Sai com uma garota que chupou meu pênis por segundos antes de colocar a camisinha.
Estou preocupado!
Abs
Paulo

Paulo Giacomini disse...

Paulo, não conheço, na literatura científica, nenhum relato de infecção desta forma. Como já escrevi anteriormente, a possibilidade de infecção neste seu caso específico seria a de sangramento bucal e/ou peniano para haver infecção. Na dúvida, espere 30 dias e faça um teste anti-HIV. É gratuito, anônimo e sigiloso.

Anônimo disse...

Olá Giacomini, primeiramente gostaria de dizer que é muito bacana sua atitude de responder perguntas de pessoas que estão muito tensas quanto às dúvidas e probablidades de estarem infectados, parabéns. Bom vamos ao que importa. Dia 25 tive uma transa em que em um momento a camisinha ficou frouxa e entre tirar ela e pegar outra tive um pouco de sexo vaginal, o que sei bastaria já pra ter contraido o vírus. saliento que nunca tive DST no pênis. Enfim, no outro dia já ou na terça-feira eu já estava bem resfriado (muito provavelmente pela imunidade ter caído da noite mal dormida, cervejas...)Até então tudo bem, fiquei com esse resfriado (catarro, espirro, olhos vermelhos, cansaço mas não tive febre)até no domingo. Segunda saí pra beber e na quarta bebi bastante novamente... cara, quinta-feira voltei a ficar mal, me deu uma fraquza que persistiu por dias, até na outra sexta-feira, novamente sem febre, sem ganglios, diarréia...só uma fraqueza...torço muito que seja um vírus qualquer recolhido, um resfriado mal curado. Mas nunca fiquei uma semana fadigado, com corpo cansado sem ter catarro, febre, ínguas...sei lá...já solicitei o exame e vou fazer...queria saber sua opinião sobre esses sintomas...obrigado

Paulo Giacomini disse...

Entendi que você não teve febre ou inchaço nos gânglios. Então isso pode ser qualquer coisa, como você escreveu. De qualquer forma, faça o teste já solicitado.

Anônimo disse...

Olá Giacomini, está falando com a pessoa que escreveu anteriormente sobre os sintomas na pergunta anterior (sobre ter tido resfriado, e depois uma semana de fraqueza sem sintomas de febre e mesmo ínguas e diarréia). Te enviei outra pergunta hj mas acho que deu errado, então se receber as duas não leve a mal pois estou enviando essa achando que a outra não chegou. Cara é mais sobre a fase aguda que queria te perguntar, das pessoas que você conhece, ou ouviu falar do que sentiram na presença da fase aguda, e aí voltando um pouco ao que te perguntei antes, é muito difícil estar infectado e na fase aguda e não apresentar ínguasi diarréia ou mesmo febre? te pergunto pq como já te disse anteriormente tive uma relação de risco quando fiz por um período da transa sexo vaginal com uma garota e dois dias depois fiquei resfriado ( o que sei não teria pq me preocupar, normal), só que na semana seguinte quando achei que já tinha curado, voltei a ter sintomas de fraqueza no corpo iguais aos de resfriado ou gripe mas totalmente a seca (sem tosse, febre e mesmo inguas). Outra coisa, se o homem não tivér nenhuma dst, ou ferida qualquer no pênis, é possível mesmo assim o vírus entrar pelo pênis? E mais cara, tens noção, pelo que conhece da literatura, de qual a porcentagem, probabilidade de o homem contrair hiv numa relação nos padrões dessa transa que te falei? ah, vou sim fazer o teste...mais uma vez obrigado

Anônimo disse...

Boa noite Paulo! Por coincidência também me chamo Paulo. Tive uma relação há 40 dias não usei camisinha nas preliminares meu pênis teve contato com o líquido lubrificante da vagina da garota. Mas na hora da penetração usei camisinha. Quais as chances de eu estar contaminado? Não quero esperar 60 dias da janela para fazer o exame, ouvi falar q o Elisa de geração 4, detecta o vírus com 2 semanas. Também vi q existe 1 chamado PCR para RNA que busca o vírus e n os anticorpos e pode detectar o vírus em 2 semanas. Esses exames são confiáveis?

Anônimo disse...

Quero saber se molusco infeccioso ou contagioso pode eliminar de algum concurso publico pois passei agora na PM do ceara e gostaria de saber disso por favor me informe doutor. agradeço muito.

Anônimo disse...

Oi, paulo. Muito obrigado pela iniciativa e tão boa vontade em se dispor a ajudar os outros. Tenho uma dúvida que não encontro resposta em site nenhum. Quando se esta no estágio de aids, com o tratamento, pode-se retornal ao de Hiv+, ou instalada a sindrome, não existe retorno?

Forte abraço.

Paulo Giacomini disse...

Olá a vc que escreveu em 25 de junho e ainda não havia obtido resposta. Fui perguntar à minha médica, pois também não sabia. Não se volta ao estágio anterior (de soropositivo) porque quando o CD4 está igual ou abaixo de 350 cópias a recomendação técnica é iniciar o tratamento antirretroviral. Para iniciar o tratamento, o médico deve fazer a notificação do agravo em um sistema do Ministério da Saúde. Isso é uma norma técnica; na prática, uma pessoa pode estar diagnosticada com AIDS (no formulário), fazer uso dos medicamentos e permanecer assintomática, ok?

Paulo Giacomini disse...

Paulo, que escreveu em 19 de abril: "o líquido lubrificante da vagina" é uma secreção sexual que pode conter o HIV. SE houve porta de entrada e vírus, sim, há chance de infecção. A recomendação atual para fazer o teste é de 4 semanas.

Paulo Giacomini disse...

Ah, Paulo, se os testes são usados no Brasil, acredito na confiabilidade deles, pois devem ter sido aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Recomendo sempre que o teste seja feito em um serviço público de saúde.

Anônimo disse...

Paulo, boa noite. Saía com um homem casado e tínhamos relações sem prevenção, terminamos e a esposa dele está grávida. Ela fez o exame de hiv e deu negativo. Pode significar que eu também não tenho o vírus?
Por favor, me ajude!

Paulo Giacomini disse...

Não, significa que ela não tem o vírus, pois o teste dela é o dela, certo?

luis disse...

Oi Paulo td bm,aconteceu a seguinte situação comigo eu transei com uma garota de programa com camisinha tdo certinho daí quando terminamos logo ela veio com um papel higienico e retirou o preservativo de mim e com o mesmo papel ela começou a secar o meu penis logo eu pedi pra ela parar pois poderia ter ainda secreção dela na camisinha e ela estarria passando no meu penis passara uns minutos e eu fui tomar banho eu fiquei mais preocupado pq ela disse que nunca havia feito exame de hiv tem alguma chance de eu ter contarído aids ficou até grudado um pedaço do papel na cabeça mas não tinha nenhum machucado e geralmente na camisinha fica pouca secreção da mulher por favor me ajude.

Victor disse...

Esse blog ainda funciona?
Tenho umas duvidas e queria ver se poderia me ajudar. Fui num motel cOm um cara e brincamos sem penetração, mas ele fez oral em mim sem camisinha e eu nele com camisinha. Eu masturbei ele e ele me masturbou. Ele roçou o pênis na minha bunda só por fora, sem penetrar. A questão é, existr a possibilidade de pegar aids assim? A duvida surgiu pq o pênis sempre solta aquela secreção e hora que ele me abraçava chegou a me sujar (não estava machucado) acho que na barriga, mas vai que ele sujou a mão quando pegou no meu pênis... Sei lá.
Outra questão é, numa outra situação foi quando certa vez eu beijei um cara e ele roçou o pênis na minha bunda, eu estava de cueca, mas ao chegar em casa percebi que a cueca estava suja da secreção que o pênis soltou, o pênis dele realmente estaa soltando aquela baba, mas só percebi depois que ele terminou de roçar. Existe a possibilidade de infecção pelo HIV? Hj estou com uma pessoa que quer transar sem camisinha, e desde o ultimo exame eu só tive essas 2 relações que me preocupam, oq você acha?

Victor disse...

Então, só complementando o comentário anterior, a pessoa com quem estou me relacionando agora e que quer fazer sem camisinha comigo, é alguém de quem gosto muito e que vem morar junto comigo, ela é mulher e está começando a tomar anticoncepcional. Por isso minha preocupação, quero muito isso também, mas essas situações que mencionei não saem da minha cabeça.

Paulo Giacomini disse...

Victor (27 e 30/07),
Como já escrevi aqui, amor não protege, mas a camisinha protege. Se sua namorada quer transar sem camisinha, acho que isso é um assunto para incluir pelo menos mais dois tópicos: uma relação de fidelidade (vocês serão fieis sexualmente ou admitem fazer sexo com outras pessoas) e aí a camisinha pode entrar com essas outras pessoas. O outro tópico vem em primeiro: os dois têm de fazer o exame anti-HIV, pois quando transamos com alguém sem camisinha, por tabela transamos com todas as pessoas que a outra transou na vida. E vice-versa. Concorda?
Há um outro tópico: ela começa a tomar anticoncepcional para não engravidar ou para transar sem camisinha?


Luis (27/07)
Se não haviam ferimentos, qual é a dúvida? Talvez fosse interessante que das próximas vezes que você for transar com garotas de programa, procure pelo menos saber se ela fez exame anti-HIV. E você, já o fez?

Victor disse...

Paulo,
tenho consciência disso. Na verdade já tínhamos discutido isso tudo e feito exames. O anticoncepcional, no caso, é para evitar filhos. No entanto tivemos uma crise e ficamos afastados um tempo, quando ocorreu as situações que contei no post do dia 27/07. Ela, no entanto, não foi pra cama com ninguém, posso afirmar.
Então eu fico assim, gosto muito dela e essas situações relatadas no post do dia 27 me deixam assim, pensando muita coisa, com medo de ter pego algo. Realmente sou inexperiente e não sei se as situações oferecem risco, por isso me preocupo. Aconteceram a pouco tempo, nao tem 90 dias e segundo o cronograma que tínhamos, e que ela pretende retomar, ela vem morar aqui comigo em 1 ou 2 meses. Então a situação me preocupa por conta disso. Lógico que estou preocupado comigo, mas muito mais com ela. Por isso to pensando nisso direto e não sei dizer até que ponto corri riscos... Pode ser só neura (não sei, nao tenho muito conhecimento nisso nem experiencia nessas situações), mas queria uma opinião.

Paulo Giacomini disse...

Victor, não tenho muito mais a acrescentar, a não ser que o HIV é transmitido em contato da mucosa (anal ou vaginal) com o esperma, pelo leite materno, da mãe para o bebê na hora do parto, ou por via endovenosa (compartilhamento de seringas e agulhas usadas).
Caso você se veja em risco, faça o teste, é gratuito.

Victor disse...

Po, então se é só assim que pega eu fico tranquilo. Pq pelo que relatei anteriormente, vc viu, eu não tive um contato dessa forma que vc comentou com esperma nem mesmo sangue.
Obrigado, tirou um peso da minha cabeça.
É estranho, pois ao mesmo tempo que isso é algo tão divulgado, tenhamos também muitas dúvidas e saibamos tao pouco. Eu tenho dúvidas demais a esse respeito, sou totalmente novato nisso, vide minhas dúvidas acima. Um simples toque ou beijo é capaz de causar um turbilhão de neutras.

Anônimo disse...

Primeiro parabéns pelo ótimo trabalho, abrindo um canal onde se possa descutir tais assuntos sobre HIV/AIDS.
Tive uma relação de risco e depois de 31 dias fiz um teste de 4° geração e deu NÃO REAGENTE. Passando mais 10 dias, ou seja 41 dias após o ato realizei o teste rápido em um CTA e também deu NÃO REAGENTE. Vou esperar mais 1 mês para realizar um novo teste, mas de ante-mão, posso estar livre do possivel contágil, levando em conta esses exames e o tempo realizado?
Obrigado desde já..

Anônimo disse...

Olá estou com uma grande duvida...
A 4 anos tive uma relaçao ,não foi bem uma relaçao por que apenas me fizeram sexo oral,e enconstei o meu penis no ânus"ñ rolou penetraçao"...Já a´um ano e 3 meses me fizeram sexo oral,e eu apenas fiz um sexo oral de menos de 1 minuto.
Nao tive nenhum sintomas posso estar infectado? Após essas 2 relaçoes nao tive mais nenhuma...

Anônimo disse...

Ola Paulo
Quero saber qual seria o melhor momento para uma mulher soropositiva engravidar, antes ou depois de começar a tomar os Antretrovirais ?

Paulo Giacomini disse...

Olá a você que escreveu em 24 de outubro: se não há risco, como não houve na descrição dessas suas relações, meio impossível haver infecção, certo?

E a você que escreveu em 30 de outubro, o melhor momento de uma mulher soropositiva engravidar é aquele definido pelo médico que acompanha o tratamento dela. Só o médico, baseado nos exames da paciente, poderá dizer isso, ok?

Anônimo disse...

ola paulo , sou a maria... tenho algumas duvidas sobre o hiv, será que me podia responder?
se a pessoa infetada tocar perto de uma ferida minha pode-me infetar?
Só se transmite se o sangue da pessoa infetada estiver em contacto com feridas minhas nao é? ou o sémen?
e por exemplo , se eu tocar na pessoa infetada e depois tocar na minha vagina ou anus , posso ficar infetada?


luciano mendes disse...

deixei uma garota de programa fazer sexo oral em mim foi mas ou menos 8 chupadas leves sem pressao mas o meu penis estava com fissuras devido a mas turbação a 4 dias antes devo ficar preocupado d + com isso

Anônimo disse...

deixei uma garota de programa fazer sexo oral em mim foi mas ou menos 8 chupadas leves sem pressao mas o meu penis estava com fissuras devido a mas turbação a 4 dias antes devo ficar preocupado d + com isso

silva disse...

eu limpei meu penis em minha camisa logo apos o sexo oral que ela fez pos n~tinha agua no local sou o anonimo das 8 chupadas

vivi 22 disse...

olá paulo,
eu venho te contar um pouco da minha estória. eu sou de uma família tradicional, e há 3 anos eu contrai o vírus do HIV, por causa que fui violentada sexualmente, ai então eu não quis ficar e nem namorar com ninguém com medo que pode-se infectar alguém, mas há quase 4 meses eu conheci um rapaz pelo qual eu me apaixonei e estou namorando, mas ontem sem querer o meu dende bateu na cabeça dele, e começamos a ficar com medo pois sempre tivemos muito cuidado com as nossas relações sexuais e desde então eu não durmo e não me sinto bem com medo que eu possa ter infectado o amor da minha vida.O que o senhor acha será que ele se infectou?

vivi 22 disse...

Há eu esqueci de falar eu nunca precisei tomar os remédios para poder fazer o controle do vírus em meu corpo,pois a minha carga viral é muito baixa e pelo o que meu medico fala não vou precisar por muito tempo, mas eu tenho medo é mais por causa do meu namorado.

Anônimo disse...

anonimo!!!
ola Paulo boa noite!!
tive relação sexual sem camisinha faz 5 anos. hoje sinto queimação nos braços, sera q estou com hiv

josi disse...

oi usei uma pomada na minha cesaria empresatada de uma pesssoa com o virus sera q fui contaminada a pomada era antiflamatoria.josi

Anônimo disse...

Oi Paulo, sou mulher e já transei várias vezes sem camisinha. Tenho muito medo de ter contraído o virus. Na época não pensava nisso,e ra imatura. Nunca fiz o teste, pois tenho medo. Queria saber quais são as chances de uma mulher pegar o virus de um homem e qual a expectativa de vida de uma pessoa portadora do virus iniciando o tratamento após o virus ja ter se manifestado?

Anônimo disse...

ME AJUDEM O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, ESTOU DESESPERADO! Eu tive umas 3 relações de risco há um tempo, não sei o tempo ao certo... Depois de 1 mês mais ou menos eu tive muito diarréia, por quase um mês, fui no médico, E melhorei, sendo que agora começou a aparecer umas bolas internas(inguas) no meu pescoço, estou com 38 de febre, com aftas, um pouco de dor de garganta. Será que estou com alguma DST ? Qual a probabilidade de estar infectado ?

Anônimo disse...

Meu caro,
Quero tirar uma duvida, tive uma relação com uma garota de programa. Estava meio alcolizado e meu penis nao endureceu direito. Para tentar endurecer, cheguei a tentar penetrar sem camisinha por alguns segundo, mas sem sucesso, pois nao tava enrijecido! E ai ela chupando na camisinha, ficou meio mole/duro. E ai tentei penetrar com a camisinha e voltou a ficar mole novamente! Até que desisti do ato sexual, sem nenhuma troca de fluido! Pergunto, pela tentativa de endurecer descrita anteriormente - sem camisinha ( e percebi que a vagina dela nao estava molhada e sem ferimento em ambos os orgão) é possivel contrair doença, mesmo sem troca de fluidos?

Anônimo disse...

Caro Amigo Paulo Giacomini, Mim ajuda cara e estou com medo de fazer teste da Aids .
Olha So tive relaçoes com uma mulher bem experiente , nao sei se e locura mais perguntei pra ela se ela tinha aids , nao sei oqe se passava pela minha cabeça de pergunatr isso , mas embora disso tudo ela respondeu qe nñ tinha .
Enfim ao passar do tempo tive : sapinhos na boca , calafrios e umas bolinhas pelo corpo na parte dos braços e do abdomen .
O qe voçe mim diz sera qe eu possa ter contraido a doença ?

Anônimo disse...

ola... antes de mais nada...seu blog eh otimo esclarecedor...obg...pois bem...sou homosessual e ha 15 dias fuz sexo com camisinha vom um rapaz q conheci numa festa...eu atv e ele pass...dps descubro q ele eh soroposito....quais chances tenho de ter contraido o hiv??...usei camisinha...ate no oral...obg aguardo

Anônimo disse...

Meu namorado é soropositivo e eu na, sempre usamos camisinha mais ela estourou mais nao houve ejaculacao é posivel eu ter contraido hiv so com aquela babinha q sai do penis? Ah ele esta indetectavel.

Ricardo disse...

Olá Paulo!

Me bateram algumas dúvidas! Se por acaso eu estiver com um esfolado na mão ou uma ferida superficial sem presença de sangue e tiver contato com o semêm de alguém infectado posso contrair HIV?
Sexo oral, mesmo que seja uma preliminar de segundos pode ser preocupante?

obg

Paulo Giacomini disse...

Ricardo, veja essa postagem: http://saudaids.blogspot.com.br/2013/03/duvida-sobre-aids-tem-resposta-nas.html

Anônimo disse...

Ola tenho 20 anos Eu tive relação com uma pessoa a quase 7 anos. Não sinto nenhum sintoma . Na verdade eu não sei se ela estava infectada. Mais como tudo aconteceu ela no momento em que transavamos dizia que não fazia sexo com camisinha por que se sentia desconfortável mas acho que ela estava mentindo por que perguntei se ela tinha alguma coisa e ela me disse que não tinha tido relações comigo sem camisinha, mas agente fez sim. Não fiz exames nenhum durante esse tempo. E na verdade tenho medo. E o pior fiz sexo com minha namorada e tenho muito medo de ter passado pra ela. O que devo fazer estou muito confuso ? Desde ja agradeço.

Paulo Giacomini disse...

Olá. Faça o teste. É a única coisa que posso dizer pra vc., de 20 anos. Já viu um meme no Facebook com uma frase mais ou menos assim: "se pintar medo, vai com medo mesmo"?

Pois é. Tem momentos na nossa vida que a gente tem de ir com ou sem medo. Com ou sem preparo, com ou sem qualquer outra justificativa. Principalmente porque no seu caso, além da dúvida que é só sua, vc tem sua namorada nessa história.

Então, é melhor saber logo, para o sim ou para o não, até pra se ver que será feito depois. Boa sorte.

Anônimo disse...

Oi, Me chamo César. Eu moro numa cidade com 18mil habitantes onde todo mundo conhece todo mundo, sou bissexual e começei a ficar com homens com 18 anos, ja transei com alguns caras aqui da minha cidade sem camisinha, e é possível a doença de manifestar com apenas 5 anos contando apartir dos meus 18 onde fiz sexo com homem sem camisinha, e hj em dia tenho 23 e reparei que gripo muito facil e várias vezes no periodo de 3 meses, e quando vou no medico ele sempre passa remedios pra gripe, anti-inflamatórios e tbm remedios pra imunidade baixa, notei tbm umas glândulas no meu pescoço que ficaram um pouco inchadas(inflamadas), ai é possivel eu ter o virus do HIV mesmo sabendo que nenhum desses caras que transei sem camisinha tem, não sei de certeza que eles não tem, mais aqui é pequeno demais e todos falam da vida de todos, e nunca ouvi falar que eles tem DSTs ou algo do tipo, sendo que tbm são Bissexuais. nunca fiz o teste de HIV, pois tenho muito medo e acho que morreria de soubesse que eu tinha, pq aqui todos ficam sabendo quando alguem tem DSTs ou HIV! obg

Anônimo disse...

Olá paulo tudo Bem ?
Olha acabei de ter uma relação anal com outro homem, porém no meio da relação a camisinha estourou e ele prontamente retirou o genital. Ele me disse que não era portador e tal. Será que eu corro o risco de ter me infectado ?
ps: não houve ejaculação.
pois minha duvida é a seguinte o cara acabou de penetrar e a camisinha estoura ele tira no exato momento tem o risco de transmissão de alguma doença ?

Anônimo disse...

Paulo eu tenho uma duvida, bem se eu tiver um corte na boca e dividir uma colher ou uma garrafa, e essa pessoa também tiver um corte... Há algum risco?

Anônimo disse...

Bom dia fiz sexo oral passivo e no freio do penis tinha u corte mas nao sangrando posso ter mim contraminado assim?

Anônimo disse...

Tive uma namorada ,nossa ultima relaçao foi no começo do ano .... acho que ela ta com aids ...mais ate hj nao tive nenhum sintomas ...posso estar infectado ? Esperando resposta

Anônimo disse...

Olá Paulo, fiquei com uma menina, beijo na boca, penetraçao vaginal e anal com preservativo, ela é soropositiva, e disse que tomaria todo o cuidado e eu me permiti a vivenciar com ela uma transa. A falta de conhecimento nos faz ficar neuroticos, gostei muito, mas estou ainda receoso, será que nao seria arriscar demais? A duvida com relaçao ao beijo: tipo que nao percebi nenhuma ferida na boca dela e nem em mim, nao fiz oral nem, ela apenas passou a ponta da linga em torno da glande com muito cuidado e carinho. Sei que contei certos detalhes intimos, mas sei tbm que é duvidas de muitas pessoas. Gostaria de viver um relacionamento com ela, porem ainda sim depois quero esperar os 90 dias e fazer o exame. Neste caso ainda sim com todas essas informaçoes, posso ter adiquirido o virus? Obrigado pela sua contribuiçao.

Anônimo disse...

há sete anos q descobri q sou portador do hiv nunca me desesperei pois eu seio q existe um DEUS do impossível entreguei nas maos de DEUS e ate hj nunca tomei coquetel vivo como uma pessoa normal e muitas pessoas q eu conher muito mais nova do eu amigo de imfancia q não poiram essa doença já morreram..entao entrogo a minha vd nas mãos de Deus pois so ele. sabe o dia q vou morrer, pois foi ele q me criou

lucia disse...

Paulo..meu filho tem um exame inconclusivo.Estou sem ar de tanta perocupaçao...será que pode dar negativo a confirmação..Vc já viu isto acontecer?Estou com muita fé que não seja soropositivo..Mas se for enfrentaremos o problema juntos..

Anônimo disse...

Paulo tudo bem!? queria tirar uma duvida! Há uma semana estava com uma menina,minha ficante em sua casa e acabei penetrando nela rapidamente sem preservativo umas seis vezes sem gozar e tirei pra fora num durou nem um minuto, e não fiz mais porque fiquei com medo e fui embora,não encontrando com ela mais!pergunto qual minha situação de risco???

Paulo Giacomini disse...

Oi, tudo bom?
A situação de risco é aquela na qual você não tem certeza se está protegido.


Lúcia
SE seu bebê tiver menos de 18 meses, ela pode não apresentar mais o vírus a partir dessa idade.

Anônimo disse...

Oi, boa tarde! Tenho uma dúvida que me anda a deixar angustiada. Ontem à noite fui com uma amiga levantar dinheiro. Ela abriu a porta do carro, mas o meu telemóvel tocou e, como era para ela, ela atendeu e ficou falando, com a porta do carro semi-aberta. Aí eu olhei e vi um moço se masturbando jundo à porta do carro, do lado da minha amiga. Me assustei. Aí arranquei assim mesmo....mas fiquei com medo, porque pode ter ficado esperma/sémen na porta ou mesmo dentro do carro. Como a seguir ela fechou a porta e, depois, quando saímos do carro eu fui trancar as duas portas com a chave...portanto, toquei na porta. Eu ou a minha amiga corremos risco de termos contaminado? Hoje voltei a conduzir com o carro....

Anônimo disse...

Ola , meu namorado fez exame de sangue a uns 6 meses atras , e nao deu que ele tinha HIV , fazemos sexo sem camisinha a uns 6 meses tbm , como nao deu positivo , isso quer dizer que também nao tenho HIV ?

Anônimo disse...

Boa noite Paulo!

Então, a uma semana tive relação com uma garota de programa com camisinha, após essa semana do ocorrido estou tendo vários sintomas da fase aguda (febre, resfriado, fadiga , apalpei meu pescoço nao achei os tals ganglios inchados)....enfim estou desesperado com a possibilidade de ter pego hiv...

Detalhe: A camisinha não estourou, só se tivesse furado e eu nao percebi...............fico preocupado...pois quando tirei a camisinha, tive contato coma as secreções e depois usei a mesma mão para lavar o penis e por isso tive contato com a glande...poderia haver contaminação??

Será que pequei HIV??

Realmente corri riscos??


Por favor, estou desesperadop... grato.

HAGEN disse...

Olá,Feliz Natal.

Tenho uma dúvida.
Saí com um rapaz e ele ficou roçando o penis deleem meu anus, na posiçãode frango assado e depois eu estava deitada e ele roçava, como se estivesse bombando em mim. Queria saber se há risco significativo para a infecção exclusivamente do hiv?
Sei que doenças como sifilis, hpv e herpes podem ocorrer...no entanto, minha dúvida está acima...
Ele não penetrou, nem ejaculou, mas brincou muito na portinha..
Grata.

Anônimo disse...

Olá Paulo fiz sexo anal com minha namorada,sem a proteção adequada,o ânus dela sangrou e consequentemente caiu em meu pênis,lembrando que nenhum de nós dois possui nenhum tipo de doença e nenhuma ferida no dia do ocorrido,você acredita que existe a possibilidade de um de nós ter adquirido uma doença?

Anônimo disse...

oi tudo bem quero te parabenizar
olha foi assim fui a uma festa bebi
e derrepente um homosexual me pediu um beijo na bok nao lembro de ter dado mais tava com uma afta na boca corro o risco de ter pegado hiv?me ajude por favor e outra pensso que ele fez de proposito poderia ter feito um machucado na boca e sangrado so pra passar pra me tou com muito medo me ajude

Anônimo disse...

Boa tarde!
Quero tirar uma dúvida que está me matando.
Há alguns dias fiz sexo anal passivo com uma pessoa de sorologia desconhecida. Supondo que ele tivesse HIV, há perigo de contaminação nas seguintes condições:
1- Utilizamos preservativo o tempo todo> Na verdade, utilizei um pra sexo oral e fomos trocando durante o ato sexual. Sempre tomei cuidado para não haver nenhum contato dos fluídos dele, tanto da parte dele quanto da minha (eu tinha medo dele ou eu tocarmos alguma mucosa minha após tocar em secreções.
2- Ele tinha pênis pequeno (não me machucou. Não usamos lubrificante pq ele foi devagar e gozou rápido. Ao término da transa, retirei com cuidado o preservativo e fui ao banheiro conferir se havia algum furo. Visualmente não havia nada. Resolvi colocar água dentro e não constatei nenhum furo.Utilizei papel higiênico para manipular o preservativo. Entretanto, um pouco de água (acho que com algum resquício de sêmen) entrou em contato com minha pele. Eu sempre roí unhas, mas não havia nenhum corte sangrando. Rapidamente lavei as mãos com água e sabão.
Nos primeiros dias fiquei tranquilo. Do nada, me deu um desespero e agora nem consigo mais dormir pensando em ter contraído HIV, principalmente pelo fato de ter voltado com minha namorada e ela querer transar comigo.
Estou esperando dar os 30 dias para correr até o CTA fazer o exame.
ME ajude, por favor. Será que fui infectado?

Anônimo disse...

Olá, tenho 19 anos, virgem e nunca usei drogas intra-venosas. Recentemente tive uma febre que durou uns 4,5 dias mas que persistia o dia todo. Dores de cabeça, tosse e leve dores nos músculos e nas articulações também eram presentes. Surgiram bolinhas similares a espinhas no meu tórax, mas sempre tive problemas de alergia e etc. Fui ao medico que me pediu um hemograma e um exame de TB. Com o resultado foi diagnosticado uma infecção bacteriana. Tomei os antibióticos receitados durante uma semana e notei uma clara melhora. Depois de uma semana do tratamento, venho sentindo uma leve perda de peso diária - pode ser porque faço academia - fico com muita ansiedade, e estresse porque não passei por nenhuma clara situação de risco, exceto beber no mesmo copo, cortar o cabelo com navalha, e faço a barba com MINHA lâmina. Preciso de ajuda, li em alguns sites que posso sintomatizar tais sintomas devido a minha ansiedade. Mas sintomas tão específicos assim?? Fui sempre maniaco por doenças e seus sintomas, por favor me ajude.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
«Mais antigas ‹Antigas   201 – 338 de 338   Recentes› Mais recentes»